vale-do-silicio

5 regras de sucesso do Vale do Silício

Não importa onde você está ou qual tipo de negócio vai começar, sempre podemos aprender a sermos melhores empreendedores olhando o que o pessoal do Vale do Silício faz.

Mesmo se você possuir um pequeno negócio local, a capacidade de inovar, adaptar e crescer é crucial para manter qualquer empresa viva.
O que pode parecer um negócio sustentável num dia, no outro pode estar totalmente obsoleto. Isso acontece todos os dias, em todos os mercados.

Mas, como é que os empreendedores do Vale do Silício se adaptam? Se tornando flexíveis. Essa flexibilidade é mantida através de um conjunto de regras conduta para pessoas e empresas.
Essas regras formam uma rede invisível que apoia os empreendedores a inovar e se ajustarem ao mercado em constante mudança.
Aqui estão 5 regras do Vale do Silício que você deveria implementar em sua empresa.

1. Confiar e ser confiável

Em alguns lugares, os recém-chegados são vistos com desconfiança por outras pessoas. No Vale do Silício, no entanto, as conversas no café podem se tornar parcerias já no dia seguinte.
Altas barreiras sociais, causadas pela geografia, redes, cultura, língua ou desconfiança podem sufocar relacionamentos antes mesmo deles nascerem.
A taxa de inovação aumenta quando as pessoas quebram essas barreiras e conseguem criar pontes de confiança fora de seus círculos.
Fazer isso é crucial, porque a inovação prospera quando as pessoas contribuem com suas ideias, habilidades, fundos e redes.
Você precisa confiar nas pessoas para que elas confiem em você.
Você precisa confiar nas pessoas para que elas confiem em você.

2. Busque a justiça, não a vantagem

A maioria das pessoas tratam de negócios como se ele fosse um jogo de guera, em que um lado ganha enquanto o outro perde.
Os investidores estão muitas vezes, no topo dessa definição. No entanto os capitalistas de risco mais bem sucedidos sabem que precisam tratar os empreendedores de maneira justa.
Aqui está uma lição que algumas pessoas demoram a entender: você não pode inovar sozinho. Você precisa de parceiros para levar com você durante o processo.
Empreendedores inteligentes têm a humildade para buscar colaborações positivas de longo prazo com outras pessoas e estão dispostos a sacrificarem parte de seu interesse para ganhos de longo prazo.

3. Pense um passo à frente

Faça pequenas conversas no almoço, introduza outras pessoas à sua rede, retorne os telefonemas, torne-se um mentor. Você pode pensar que não está recebendo nada em troca, mas está recebendo algo incrível: uma grande reputação.
Você irá se tornar um perito, alguém que as pessoas sabem que podem confiar, e isso não tem preço.4. Esteja aberto para ouvir

Ouvir é a chave para a construção de relações e avaliação das necessidades.
Faça perguntas e continue empreendendo. Crie uma atmosfera onde as diversas opiniões e talentos são valorizados e onde os recém-chegados não vão permanecer desconhecidos.
Esteja aberto para ouvir.
Esteja aberto para ouvir.

5. Interaja com as pessoas

Aqui está um pequeno truque: comece a dizer sim em vez de não para cada ideia que as pessoas derem para seu negócio. As oportunidades não será todas boas, muito menos concretizadas.
Isso vai ajudar a criar um ambiente de trabalho em que existam apenas ideias boas. Thomas Edison testou mais de 2 mil ideias para a lâmpada antes de fazer o propósito que deu certo.
Os erros não definem você. Eles refinam você. Não deixe que o medo do fracasso impeça de tentar algo novo ou de ouvir conselhos de outras pessoas. Se as coisas não funcionarem direito, adapte, recarregue e tente novamente.

*Este artigo foi adaptado do original, “The 5 Rules for Silicon Valley Success That Can Work Anywhere” da Entrepreneur.